Por trabalhar na Justiça Eleitoral, evito citar nomes de políticos e/ou partidos políticos brasileiros (embora eu pudesse fazê-lo sem problema algum, pois sou um cidadão como outro qualquer: o Código de Ética do TRE/RJ não tem vedação nesse sentido, porque o fato de ser servidor público não retira minha liberdade de expressão).

terça-feira, 23 de abril de 2013

A intolerância das falsas tolerantes

A título de protestar contra a "homofobia"(que elas veem em toda e qualquer opinião contrária à delas), veja a agressão que essas débeis mentais do tal "Femen" - sempre elas - praticaram contra um religioso que nada tinha a ver com a "causa" defendida por elas.
Foto: AFP/Reuters
Claro, tudo isso em nome da tolerância... a mesma que elas negam ao arcebispo pelo simples fato de que ele faz parte da Igreja Católica. 

Ele manteve-se impassível diante da agressão, o que fez com que se evidenciasse ainda mais a absurdez do tal "protesto".

A matéria completa está no blog "Page Not Found", aqui.

Um comentário:

  1. Flávio de Moraes27 de abril de 2013 02:34

    CASAMENTO GAY ATÉ QUE SERIA BOM PARA O BRASIL, DESDE QUE . . .
    Frase do Ano

    De Portugal para o mundo
    Poderia ser no Brasil

    Ricardo Artur de Araújo Pereira ( Nascido em Lisboa, São Sebastião da Pedreira, em 28 de abril de 1974) é um humorista português:

    Sou totalmente favorável a casamentos gays, desde que sejam só entre políticos.

    Tudo o que venha contribuir para que eles não se reproduzam... é bom para todos!

    Fala sério, esse cara é gênio!!!!!
    Seria tão bom para o Brasil.....

    http://ferramula3.blogspot.com.br/2013/04/casamento-gay-ate-que-seria-bom-para-o.html

    ResponderExcluir

Este é um blog de opiniões.
As postagens não são a tradução da verdade: apenas refletem o pensamento do autor. Os escritos podem agradar ou desagradar a quem lê: nem Jesus Cristo agradou a todos...

Eu publico opiniões contrárias à minha, sem problema algum. A não ser que eu o faça expressamente, o fato de liberar um comentário não quer dizer que eu concorde com o escrito: trata-se apenas de respeito à liberdade de expressão, que muito prezo.

Então por gentileza identifique-se, não cite nomes de políticos nem de partidos políticos brasileiros, não ofenda ninguém e não faça acusações sem provas.

OBS: convém lembrar que a Constituição proíbe o anonimato. Assim sendo, não há direito algum para quem comenta sem assinar: eu libero ou não o comentário se achar que devo.